quarta-feira, 8 de julho de 2015

O Aftercare



Muito já se debateu sobre Dominação x submissão, o papel do Dominador e o da submissa, as condutas de comportamento, assim como, as relações sadomaso como um todo.

No entanto, acho o assunto sessão muito sério e sugestivo para gastar uns bons tec…tecs. (Tomarei a liberdade de devanear levando em consideração as vivências entre Dom e sub, no entanto, o assunto discutido, supera questões de gêneros).

Acredito que sessão seja um dos momentos importantes da R/relação por ser ali onde as coisas se concretizam de fato. É ali que todo o ensinamento vai ser posto em prática, e a hora do "vamo ver", tanto para quem está se submetendo quanto para aquele que está Dominando.

Trazendo o assunto para minhas vivências, na sessão é quando me mostro, literalmente, submissa para aquele que tem o PODER o COMANDO sobre mim. Do lado do Dominante, acredito, que seja o ápice de sua existência.

Numa D/s, esse exercício de cooperação, essa troca, essa interação entre Dominador e escrava submissa, resulta ativamente para o desenvolvimento de A/ambos.

Saliento que o Dono assume papel fundamental nesse processo como indivíduo que Decide, que Comanda a situação por livre e prazerosa escolha.

Supostamente, ELE (Dominador) deve saber realizar com destreza, para o seu deleite, inúmeras práticas. Assume ciente seu papel na relação. Guia com prudência. Orienta com responsabilidade. Conduz de maneira rigorosa e gentil. Faz superar limites e suportar a dor com lucidez e sensatez. Além de ordenar tarefas para a evolução da peça.

Porém, no decorrer da caminhada, erros acontecem. Daí, oportunamente, surgem as famosas sessões de castigos/punições. E o nobre Senhor se vê obrigado a aplicar o julgamento e as sentenças. Fazendo uso de toda a gama de bom senso que lhe cabe, Ele escolhe a melhor e mais indicada prática para trazer luz, discernimento e orientação à impulsiva escrava.

Muitas vezes, nesses momentos, podem ocorrer as quebras de limites, os físicos mais comuns ou os de ordem psicológica, visto que, a peça toda arrependida da transgressão cometida, sente-se na obrigação e impulsionada a ver de volta o brilho nos olhos do Dono, entrega-se inteira para transpor esses limites.

Munido com toda responsabilidade e sutileza inerentes de seu ser, Ele sente quando o castigo foi cumprido e reconhece o limite atingido de sua peça.

E/exauridos pela intensidade de tal momento, N/necessitam de um certo restabelecimento. Momentos íntimos e intensos merecem ter uma pausa branda, harmoniosa e relaxante. Geralmente essa necessidade é suprida com um aconchego nos braços um do O/outro , podendo ocorrer conversas banais, chamegos ou apenas o terapêutico abraço. Essa pausa tão importante costuma ser denominada como aftercare.

E assim, diante de tais ações tão vitais para a sobrevivência de qualquer D/s, faz de Sua peça, uma incrível dedicada, extremamente honrada e orgulhosa escrava submissa.

Gostaria de salientar apenas uma questão. É preciso que, ao menos, o Sádico/o Dom/o Spanker, respeite o HUMANO ‘pedaço de carne’ que está servindo para satisfazer seus gostos e desejos. Desse modo, AFTERCARE se torna uma questão de CONSIDERAÇÃO para com a parceira.

Trazendo pro lado pessoal. Eu, que nãooooo sou masoquista, necessito do ‘assopro’ entre as cintadas. Como nossos encontros costumam ser intensos, o AFTERCARE dispensado a mim, faz com que eu, não só agradeça de joelhos meu Dono , mas o ENALTEÇA com trompas, trompetes, coraçãozinhos e nuvens de algodão, simples assim.


sexta-feira, 3 de julho de 2015

Preciosidade

Achei essa “preciosidade” e gostaria de compartilhar com vocês...eita!! Tá parecendo facebook, cadê a tecla curtir?!?!?!...Bem, eu sei que o filme está longe de ser “aquela Brastemp”, mas para aguçar as vontades e os desejos até que cumpre seu papel.

Reparem bem no cuidado que ele tem ao escolher os acessórios para o spanking, a escolha do adorno para enfeitar os seios tão intumescidos...ai meus sais...e o zelo que ele demonstra ao dar o plug para a cadelinha lubrificar...afffff...pq vamos combinar, com plugzinho é mais gostoso...hehehe...*pisc

 

Bom Finde !!!

quarta-feira, 1 de julho de 2015