segunda-feira, 25 de abril de 2011

Perguntar não ofende


Tenho pensado muito a respeito sobre meu eu submisso e graças aos Deuses desse Universo consegui chegar a algumas certezas...

Adoro ser e estar submissa. Gosto de pedir permissão para algumas coisas (muitas coisas..rs), adoro ser conduzida, deliro quando sou usada e abusada, sinto-me feliz, realizada, livre, sensual, bela usando a coleira, humm gostaria de sentir-me amada também...hehehe.

Ahhhh....fora o regozijo extraordinário sentindo nos simplórios fatos como os de obedecer a uma ordem ou realizar os desejos Dele e no ato de ter minha prática favorita ofertada pelo Dono em sessão (mesmo que esses acontecimentos não sejam uma constante).

Tenho consciência que BDSM é um Universo de prazeres sexuais para ambos, na maioria das vezes, com a realização de práticas sadomasoquistas, geralmente exercidas entre um Dominante e um ser que se submete em uma sessão...afffffffffff...ai meus sais.....quando elas acontecem...*pisc

Porém, uma nuvenzinha paira cabeça acima em relação às aspirações Dominantes...rss...(curiosa eu né...ahhh faz parte...rssss)

Gostaria, humildemente, de saber a opinião das submissas, escravas e masoquistas, como a dos Doms também, quanto a algumas indagações dessa curiosa submissa convicta e de carteirinha.

E para o Dominador existem esses conceitos, que tipo de prazer realmente existe nessas ações fora a prática sexual ou o BDSM resume-se apenas no prazer sexual em si???